Eco Adventure Tour


Lençóis Maranhenses (Barreirinhas)

As correntes marítimas conduzem os grãos até às praias desertas de determinado trecho da costa do Maranhão. O vento incessante, que sopra mais forte entre os meses de agosto e novembro, forma dunas de até 50m de altura dando o toque final nessa obra-prima da natureza.

O Rio Parnaíba e o Preguiças carregam grande quantidade de areia proveniente de seus leitos, e a descarregam no Oceano Atlântico. As correntes marítimas conduzem os grãos até às praias desertas de determinado trecho da costa do Maranhão. O vento incessante, que sopra mais forte entre os meses de agosto e novembro, forma dunas de até 50m de altura dando o toque final nessa obra-prima da natureza: Lençóis Maranhenses.

As águas claras e lentas do principal rio da região deixa pistas sobre o seu nome e o ritmo de vida dos que dele tiram sustento. No Rio Preguiças, nas margens ao longo de seu curso desde a nascente na cidade de Brejo-MA até a foz no Oceano Atlântico 150 km depois, fixam-se temporariamente famílias inteiras (os nômades) que vêm em busca de fartura em forma de serras, robalos, corvinas e pemas.

O Rio Preguiças também é o responsável pela divisão das duas partes dos Lençóis, os Grandes e Pequenos. O primeiro impressiona pela grandeza de suas área, dunas e lagoas. O segundo, pela diversidade já que numa só fotografia podemos enquadrar o rio, o mar, o mangue, o campo e as dunas com suas lagoas.

Lugares como Barreirinhas, Caburé, Morro do boi, Mandacaru, Atins, Alazão, Vassouras, Espadarte e Lagoas Azul, Bonita e dos Bentos parecem pincelados pela mão divina. Parecem também querer transporta-lo para um lugar só antes imaginado pela mente grandiosa de algum Dali.


View on Instagram